Márcio Pinto Machado, Roberto Vitorio, André Novaes e Philipe Kassab somam forças.
Home
Mais notícias
Calendário
Resultados
Inscrições
Ranking
Filiados
Equipes
Clubes
Organizadores
Diretoria
Atas
Regulamentos
Imprensa
Fale conosco
Fotos/Eventos
Download do CBT de bolso
Postado em 16/8/2013 às 16:07 por CLAUDIO SANTOS

Campeonato Brasileiro de Ciclismo Master e Sub 30, Belém do Pará 8, 9 e 10 de agosto de 2013.

Os cariocas Marcio Pinto Machado atleta Elite Bike e Roberto Vitorio equipe Star Cycle, representaram a Fecierj perante mais 13 Federações Estaduais, e os dois juntos colocaram o Estado do Rio de Janeiro na terceira colocação do quadro geral de medalhas.

Na prova de CRI Marcio Pinto Machado atleta Elite Bike venceu o atual campeão Pan-americano de CRI e cinco vezes campeão Brasileiro, Roberto França Domingues atleta Ciclo-Race (Brasília) com 12s de diferença, e o também super atleta Evânio Zimmermann atleta Rossete Bikes (Santa Catarina) 8 vezes campeão Brasileiro com 22s. de diferença.

O atleta Roberto Vitorio equipe Star Cycle ficou com a excelente quarta colocação no CRI, Beto que recentemente se casou com Natasha Albuquerque ficou 30 dias na França o que impediu de emplacar um treinamento mais dedicado a competição.

Na prova de Estrada/Resistência foram 70 km em circuito de 7km por volta, Marcio Pinto Machado atleta Elite Bike atacou o pelotão de bandeirada sucessivamente até que no início da segunda volta estabeleceu a fuga e andou 30km escapado, sendo acompanhado por um grupo perseguidor de 5 atletas do qual estava o atleta Evânio Zimermann que depois saltou do grupo e andou mais 20km com o atleta Marcio Machado que desferiu um ataque a 1km da chegada chegando isolado e conquistando a sua segunda medalha de ouro na competição passando a ser tetra-campeão brasileiro de ciclismo de Estrada e CRI

Roberto Vitório atleta Star Cycle na prova de Estrada/Resistência foi um dos principais colaboradores para levar seu colega de equipe Denisval Alves (Espírito Santo) a medalha de ouro.

Outros atletas que vestem a camisa da FECIERJ também merecem destaque, o juiz forano André Novaes, que pertence a Seleção Brasileira de Paraciclismo também esteve presente neste mega evento, e defendeu com brilho, a camisa de nossa federação, como, aliás, costuma fazer os 365 dias do ano.

Philipe Kassab, completou este time do Rio, e, mesmo tendo pouco tempo domo atleta de Ciclismo Estrada, mostrou força e desenvoltura, nos dando a certeza, que muito em breve, estará ocupando um lugar de destaque, nas provas de Ranking Nacional...

Segue matéria completa do site oficial CBC.

Ciclistas mais experientes disputaram o Campeonato Brasileiro Máster e Sub-30 neste fim de semana, no Pará

Atletas de oito categorias disputaram o título nacional e tiveram que pedalar sob o calor escaldante de Belém

 

Atletas com mais de 30 anos competiram no Campeonato Brasileiro de Ciclismo Máster realizado neste fim de

semana, 10 e 11 de agosto, no Pará. A competição foi divida em provas de Contra-Relógio e Resistência e foram

disputadas por ciclistas de vários estados distribuídos em sete categorias. A competição também contou com a

categoria aberta para atletas que não fazem parte da elite brasileira e competem na Sub-30, elegendo também o

campeão desta categoria.

 

Talvez um dos maiores adversários dos ciclistas não foram as altas velocidades, nem tão pouco as

quilometragens que estão bastante acostumados a enfrentar durante o dia a dia no ciclismo, mas sim o calor

escaldante da capital paraense, que se manteve sempre acima dos 30ºC enquanto os ciclistas competiam na

Avenida João Paulo II.

 

Durante as provas, Sidnei Rodrigues, que compete pela categoria Sub-30 e Marcio Pinto Machado, da Máster 45-

49 anos, foram um dos principais destaques, vencendo as duas provas das suas determinadas categorias. Sidnei

Fernandes (SEME/Santa Barbara D’Oeste) completou o Contra-Relógio de 7 km, disputado no sábado (10), com a

marca de 17min22s e ficou com o ouro na Sub-23, enquanto Marcio fez o tempo de 17min21s, suficiente para

também vencer em sua categoria.

 

Os outros campeões da prova de Contra-Relógio foram: Paulo Haas, na categoria Máster 30-34 anos; Julio Cesar

na Máster 35-39 anos; Antonio Almerio, na Máster 40-44 anos; Willians Sada, na Máster 50-54 anos; Carlos

Augusto, na Máster 55-59 anos e Darmes Labatut, na Veteranos.

 

Na prova de resistência disputada no domingo (11), Marcio Pinto voltou a vencer na Máster 45-49 anos, desta vez

chegando isolado à frente dos seus adversários. Já Sidnei Fernandes ganhou no Sprint pela Sub-23. Além dos dois

atletas, outros seis ciclistas se tornaram campeões brasileiros de resistência: Emerson Tomaz, na categoria

Máster 30-34 anos; Denisval Alves na Máster 35-39 anos; Eduardo Santana na Máster 40-44 anos; Ricardo Sada,

na Máster 50-54 anos; Marconi Fernandes, na Máster 55-59 anos e Antonio Tadeu na Veteranos, para atletas

acima de 60 anos.

 

“A competição foi um sucesso. A maioria dos atletas nos parabenizou e considerou como um dos melhores

campeonatos dos últimos tempos. Além de tudo, o Pará ainda obteve ótimos resultados com um ouro, uma

prata, um quarto e outro quinto lugar. Agradeço ao povo paraense que abraçou o campeonato e compareceu

para incentivar os nossos representantes, e também a Confederação Brasileira de Ciclismo (C BC ), Sejel e SEEL

pelo apoio dispensado para a realização do evento”, declarou Edilson Kramer, presidente da Federação Paraense

de Ciclismo (FPC ).

 

O Campeonato Brasileiro de Ciclismo Máster e Sub-30 foi uma realização da Confederação Brasileira de Ciclismo

(CBC) em parceria com a Federação Paraense de Ciclismo (FPC) e apoio da Secretaria de Estado de Esporte e

Lazer (SEEL) e Secretaria de Estado, Desporto e Lazer (SEJEL).

 

 

Espaço publicitário